PÓS COVID-19, SEQUELAS...



As dificuldades de reabilitação Pós-Covid19 tem sido comumente descrita por diversos centros de estudo de saúde populacional.


Em relatório publicado pelo CDC (Center for Disease Control and Prevention), originado de pesquisa feita pelo próprio instituto sobre a características de pacientes adultos que contraíram COVID-19, cerca de 61% das pessoas que foram hospitalizadas relatam não terem retornado ao estado de saúde inicial em 14 a 21 dias após o diagnóstico.

A Fondazione Policlinico Universitario Agostino Gemelli IRCCS em Roma, Itália, estabeleceu um serviço ambulatorial pós-agudo para indivíduos que receberam alta do hospital após a recuperação do COVID-19 e observou que 87,4% dos pacientes relatavam persistência de sintomas.

Em matéria publicada pela CNN em 09 de janeiro de 2021, entre os pacientes que foram internados por COVID-19, 76% apresentaram sintomas e sequelas da doença seis meses após a alta. A informação é de um estudo conduzido no Hospital Jin Yin-Tan, em Wuhan, na China, publicado pela revista científica The Lancet.


As complicações relatadas estão relacionadas principalmente ao sistema respiratório, mas comprometimentos aos sistemas cardiovascular, neurológico e emocional tem preocupado os especialistas de saúde.

O Grupo Dal Ben alerta às complicações provocadas pela COVID-19 e sendo um serviço especialista em cuidados pós-agudos, construiu o programa Reabilita.

O programa foi pensado para apoiar o processo de reabilitação daqueles com sintomas persistentes.

Para que fosse possível identificar a melhor linha de cuidado foi necessário construir um protocolo de mapeamento e um programa de atenção, adequado por nível de complexidade.

Saiba mais sobre o Reabilita clicando aqui.

Posts em Destaque
Arquivo